quinta-feira, maio 22, 2003

Momento Zen
"Da minha lingua vê-se o mar" (Vergílio Ferreira)
Da minha não... vê-se o chão!

Nenhum comentário: