terça-feira, dezembro 21, 2004

É natal, é natal

Os agentes do SEF, inspirados pelo espírito do Natal, resolveram parar por uma semana a exploração sexual das imigrantes ilegais brasileiras para se dedicarem a distribuir cabazes de natal aos trabalhadores de leste. O cabaz tem uma lata de sardinhas vazia, para servir de prato, dois palitos e um íman para fixar fotografias, por exemplo, às paredes dos contentores onde dormem.
O cabaz é distribuido gratuitamente ao patrão a quem lhe é dado o direito de cobrar o que ententer aos trabalhadores.
O congénere alemão deste serviço gostou da ideia e está a pensar fazer o mesmo aos portugueses a trabalhar sem contrato nas obras do seu país. O natal é lindo!

Nenhum comentário: