quinta-feira, dezembro 23, 2004

A Cagada em papel

...higiénico?
E esta ... hen?

terça-feira, dezembro 21, 2004

íman, imã e hímen - esclarecimento ao leitor

Um leitor veio ter comigo na rua por causa do post anterior e disse-me num tom de quem não está para brincadeiras:"O pá! Olha que eu não estou para brincadeiras!" E eu, sem perder a oportunidade: "É pena, porque tens cara de palhaço" - agora um aparte: eu não tenho amigos, estou a abrir audições...
Adiante: o gajo vem para mim, com aquela pose de quem sabe ao que vai e diz-me "Tu sabes o que é um íman? Por acaso sabes?"
E eu: "Pá claro que sei! É uma coisa que tem poder de atracção/repulsão sobre outra coisa, ó energúmeno!" O gajo ficou cabisbaixo e eu, como sou gajo de aproveitar o momento para espezinhar o próximo, comecei a instruí-lo na ciência complexa da atracção/repulsão: Ora então ó boiola, até te digo mais, existe uma coisa chamada o espectro da atracção/repulsão, é o iman, o imã e o hímen! (pronto, já não havia volta a dar-lhe, tinha passado o ponto de retorno e agora, com o gajo a olhar incrédulo para mim, tinha de continuar até ao fim): ah pois é! O íman é o elemento mais fraco na cadeia de atracção porque só atrai e repele o metal e é esquisito porque não funciona com todos! Já o imã, um daqueles bons, pode atrair um puto a entrar num autocarro e a repelir no caminho, se tiver sorte e tiver seguido os conselhos do sebastião(ver post seguinte), muitos israelitas aos bocadinhos. Mas o mais forte de todos! (Olha-me esbugalhado!) ... é o hímen! Um gajo a sério não precisa de mais nada, pode viver para aquilo. E mesmo rompido não perde a capacidade de atracção! Olha por exemplo os descobrimentos: toda a gente sabe que foi à procura de hímen exótico que os nossos marinheiros se fizeram ao mar... bem, quase todos, os da nau Catrineta, caso ainda não tenhas desconfiado pelo nome abichanado da embarcação, foram a ver se encontravam no recato de uma embarcação no meio do mar mastro que lhes valesse. Mas não foi só nos descobrimentos que o hímen teve papel primordial, mesmo agora toda a economia gera em função dele: bom trabalho --> dinheiro --> hímen à fartazana."Não tinha pensado nisso" Pois não rapazola, agora beija a mão a quem sabe e vai à tua vida. E é assim que se vai educando os leitores.

É natal, é natal

Os agentes do SEF, inspirados pelo espírito do Natal, resolveram parar por uma semana a exploração sexual das imigrantes ilegais brasileiras para se dedicarem a distribuir cabazes de natal aos trabalhadores de leste. O cabaz tem uma lata de sardinhas vazia, para servir de prato, dois palitos e um íman para fixar fotografias, por exemplo, às paredes dos contentores onde dormem.
O cabaz é distribuido gratuitamente ao patrão a quem lhe é dado o direito de cobrar o que ententer aos trabalhadores.
O congénere alemão deste serviço gostou da ideia e está a pensar fazer o mesmo aos portugueses a trabalhar sem contrato nas obras do seu país. O natal é lindo!

quinta-feira, dezembro 16, 2004

E agora, que é que é conservador, hen?

Liguei a televisão e vi o Portas e o Santana sentados, a assinar uns papéis. Montes de gente a assistir e mais uns senhores na mesa que presumo serem os padrinhos.
Fiquei comovido:"não é que aqueles dois decidiram dar o nó?" e ainda dizem que a direita não aprova os casamentos gay!

Casa Pia e outras atrocidades

Meretríssima
Hoje em vez de começar a ser ouvido um arguido do caso Casa Pia começou a ser discutido quem é que podia ouvir a audiência ao arguido! Muito bem meretríssima juíza.

quinta-feira, novembro 25, 2004

A gaivota, o D. Duarte, o Aleijadinho e a Marisa Cruz

Estava eu a dar um passeio pela praia quando nisto me aparece uma gaivota.
E eu disse: "Olha! Uma gaivota"
A gaja põe-se a olhar para mim como quem me conhecia de algum lado.
Nisto aparece-me o D. Duarte em cima de um cavalo de pau e pergunta-me se eu vi passar por ali um aleijadinho.
Eu disse: "Olha! O D. Duarte"
Ele põe-se a olhar para mim como quem sabia porque é que a gaivota estava a olhar para mim e arranca a todo o gás.
Já cansado, preparo-me para voltar para o carro quando vejo que o mar tinha subido e me tinha rodeado e estava preso num bocado de areia... só eu, a gaivota e a Marisa Cruz.
Ela dirige-se a mim, despe o vestido, deita-se na areia e...
Eu disse: "Olha! A Marisa Cruz".

quarta-feira, novembro 24, 2004

Os fedorentos... quais fedorentos? A crítica imparcial do DVD.

Estive a analisar o DVD dos fedorentos e aquilo roça o nível dos malucos do riso...
Os gajos não tarda estão aí a fazer anúncios para bancos ou assim!
Eles mereciam era ter um sketch em que um gajo ia aos escritórios da SICradical e pedia para falar com os gajos fedorentos e o segurança perguntava:
-quais fedorentos?
-os fedorentos.
-mas quais fedorentos?
-mau, os fedorentos pá! uns gajos que vêm práqui mandar umas postas!
-Ah! esses... mas quais postas?

E aquela bichice toda de dar as mãos e de representar à séria também não é digno de um gajo. Não tarda... estão a fazer anúncios para bancos... ou pior! Lançam um DVD...
Eles são é uns rotos! Quatro gajos? Fechados até altas horas num quarto escuro à procura de inspiração e depois sai-lhes aquela do "fortemente sodomizado"? O que eles querem sei eu!

sexta-feira, novembro 12, 2004

Bagão e a hipertensão

O Bagão e a Hipertensão

Ó Bagão, que sorte a tua,
por não teres que esperar,
A hipertensão é coisa grave,
uma urgência hospitalar!

E sempre quero saber, Bagão,
se do cartão puxaste, e disseste
"é pela caixa... está a ver..."

Ou terás sido coerente,
e pago de acordo com o vencimento,
provando a toda a gente que, apesar de avarento,
sempre cumpres o combinado

Mas vê lá se não pioras...ou és logo deportado!
porque tratar de um ministro de estado
não conta pró ranking nem para o lucro consolidado,
de um hospital S.A.



quarta-feira, novembro 10, 2004

Arafat

A Cagada descobriu a verdade sobre Arafat:
Não é que o homem não morra... não pára é de ressuscitar!
Já parece o Cavaco ...chiça!

segunda-feira, outubro 18, 2004

O Orelhas! (por Bell Cesariny) (*)

O Orelhas não bebe champanhe nem vai,
com putas.
As putas bebem champanhe e não se vêm,
com o Orelhas.
O Orelhas é um Areias
E o Areias é um Camelo.

(*) Prenda para o Olegário neste muito feliz aniversário.

segunda-feira, outubro 11, 2004

O Ensaio Geral

deixa ver... descer os salários, subir o IRS, descer os salários, subir o IRS, descer os salários, subri o IRS - OK Bagão, já decorei, não, não vou fazer asneira liguem aí as câmaras que estou pronto!

Desconstrução (Derrida et Superman, por vous!) (*)

Na sanita filosófo
mas não me sai Wittgenstein
Sai merda. Bem construída!
Mas amorfa, sem ideias.
Puxo a àgua, pouco forte,
que facilmente se deixa enredar.
Da sanita entupida
salta a agua a meus pés!
Desconstrução! Rápida Desconstrução!
Não sou rápido. Não sou lesto.
Inundação. Tudo escuro.
Afogo-me.
Por momentos, ainda vivo,
Sinto as ideias (Serão ideias?)
A boiar.
Que falta me fez o Derrida!
E o Super Homem, já agora!

(*) Poema, nada forçado, a lá Manuel Alegre com apoio didático do
Eduardo Prado Coelho.

Adios Christopher Reeve

Deus está morto, disse o super-homem... ou será ao contrário?

sexta-feira, outubro 08, 2004

Esclarecido!

A dúvida de paternidade ficou hoje esclarecida com o nascimento do pinto - saiu ao tomate esquerdo, o que até é bom porque o direito queria que fosse uma menina.

quinta-feira, outubro 07, 2004

O Pipi não mora aqui (*)

Como todos os bons filhos da puta, a cagada renasce num momento particularmente vantajoso:
1) os nossos principais concorrentes (o gato fedorento, o pipi e o Carlos Carvalhas) desapareceram ou estão em vias de desaparecer;
2) as minorias continuam a chegar ao poder: já há tantos paneleiros como atrasados mentais à frente dos maiores partidos politicos portugueses;
3) nenhum dos membros d´A Cagada é um dos novos 1034 assalariados do Dr. Pedro Santana Lopes apesar de qualquer um deles ter a quarta classe;
4) o PS prepara-se para se unir com o PP (ver ponto 2.)
5) o PCP prepara-se para ultrapassar pela esquerda o Kim Il Sung;
6) o BE continua o BE;
7) a mulher do Calimero está grávida e ninguém sabe quem é o pai.
8) etc, etc, etc!

(*) Daria um belo titulo para um filme sobre a noite lusitana

O Regresso

Após longos meses de ausência A Cagada volta ao ataque. Não foi por falta de assunto que nos silenciamos estes meses mas sim por receio das represálias que poderiamos ser alvo. Mas basta... A saída da TVI do Professor Martelo foi a gota de água que fez transbordar o copo. Não teremos mais medo... É preciso levantar a voz e dizer a plenos pulmões aquilo que nos inunda a alma. Temos de gritar bem alto para preservar e defender os ideais da revolução de Abril. E aqui vai...
Os ciganos são uns filhos da puta.

quinta-feira, maio 06, 2004

Citação

"Gostava de ser como os marinheiros: ter uma gaja em cada porto e ir vivendo do barco nos entretantos" in, o livro do mestre
"Citação" ou:"como descobrir que uma gaja é psicótica logo no primeiro encontro"
"Detesto a infidelidade... se um homem me fizesse isso castrava-o quimicamente", in mais um blind date do calimero

terça-feira, abril 13, 2004

segunda-feira, março 29, 2004

Et cagada natum est
Foi o ano passado que, a seguir as luzes do memorial no ground zero, encontrei o Bell deitado nas palhinhas no meio de um estábulo. À sua volta estavam os restos mortais de Maria e José, ela desempregada de uma textil e ele carpinteiro de profissão e a meio de um tratamento no CAT da Amadora.
Aproximei-me de Bell com reverência e reparei que outros dois vultos faziam o mesmo: era Sebastião, que consigo trazia uma caixinha com bosta do Kosovo e Mortadello que nas mãos segurava um poio petrificado proveniente de Serra Leoa.
Também eu coloquei a minha oferenda a seus pés: Um pedaço de bosta retirada de Guantanamo.
O Bell lá foi revelando que estava à nossa espera. Que era preciso unirmo-nos para com as nossas capacidades intuitivas descobrirmos a o que realmente se estava a passar no mundo...
"A resposta anda aí." disse, enquanto remexia na bosta à procura de algum sinal de desgraça eminente e foi então que entrou em transe! A revirar os olhos foi-se peidando... primeiro de forma atabalhoada mas depois, para nossa surpresa... MILAGRE!!! Ele falava com os peidos! As palavras saiam claras como se uma entidade superior se nos dirigisse com uma voz de trovão e num estilo profético:
"O MENINO AZUL É BENFIQUISTA!"
"A MAIA GOSTA DE CAGAR PARA DENTRO!"
"OS JUDEUS VÃO CRIAR UM NOVO COLONATO: PALESTINIOWITZ"
"VÃO MORRER 3 ESPANHÓIS E 197 PERUANOS NUM ATENTADO EM MADRID!"
"AS BICHAS VÃO DOMINAR A TELEVISÃO EM PORTUGAL!"
"A EUROPA VAI VIRAR À ESQUERDA!"
Ficamos todos atónitos perante tamanha monstruosidade... até que o Sebastião, que quase se engasgava com um bocado do pâncreas de José, resumiu brilhantemente a raiva que brotava em cada um de nós: "O quê?!?!?!O menino Azul é Benfiquista?... O bandalho!"

quinta-feira, março 25, 2004

Balanço Anual

Balanço Anual e Orçamento para o próximo exercício
É com grande alegria que celebramos hoje o 1º Aniversário d'A Cagada.
Fonte de inspiração para alguns e insultuosa para outros a Cagada procurou sempre agradar a todos. Fazer rir é o nosso lema nem que fosse às custas das desigualdades da sociedade. É óbvio que estou a ser um pouco brando quando insinuo que um preto, um gay, um cigano, um mongoloíde, um padre, uma mulher gorda e feia, uma mulher só gorda, um indiano, um adventista, um aleijado são simplesmente desiguais dos cidadãos-modelo que constituem o mui nobre elenco deste blog. A incomparabilidade é um facto.
No fim julgo que cumprimos os objectivos iniciais que seriam roubar ao leitor um pequeno esgar (sorriso ou nojo?)
Chega a hora de apresentar aos leitores o plano de actividades para o próximo exercício. Neste sentido a Cagada propõe implementar:
- Leitura obrigatória da Cagada no Ensino Secundário uma vez que queremos editar uma adenda aos lusíadas em que continuaremos a relatar os feitos dos nobre lusitanos por esse mundo fora e, se possível, dar novos mundos aos já existentes.
- A beatificação do Bell
- Introduzir novos grupos sociais nos posts não nos quedando apenas pelos supracitados.
- Fomentar um abaixo assinado para a aprovação na AR de leis que incluam na lei do aborto o motivo de mãe e pai feios para o aborto até às 14 semanas.
- Obter o estatuto de utilidade pública apoido em resultados válidos
- Formar uma religião para ser incluida na lista de entidades para as quais pode reverter 0,5% do IRS à luz da nova Concordata com Vaticano
- Incluir assuntos sérios nos posts da mesma linha da TVI, tais como a entrevista de ontem a um assassino em série que afirmou que a carne humana sabia a cavalo e que matou um gajo com 5 tiros na nuca e um no coração só para concluir que a arma que tinha em casa não prestava.
Posto isto, finalizo dizendo que estas propostas não são apenas um compromisso unilateral mas tambem bilateral com o estimado leitor que deverá forçar-nos a cumpri-las, caso contrário poderá castigar-nos enviando para o nosso apartado cuecas usadas da mulher, da irmã ou de uma desconhecida qualquer.
O nosso obrigado e voltem sempre.

terça-feira, março 23, 2004

Inválido barbaramente assassinado

Yassim, heroi carismático, vivendo na pobreza, tetraplégico, cego e quase surdo foi assassinado quando se deslocava na cadeira de rodas para o seu Land Rover sem Matricula. Inovador e defensor dos direitos do dito sexo fraco, foi ele que autorizou pela primeira vez a utilização de mulheres como bombistas suicidas. Lamento a sua morte e deixo a tradução das suas últimas palavras - ditas na sua habitual voz estridente enquanto fazia um manguito: Superhomem? Dah? Faz lá isto ó Cristopher Reeeeeeeeeeve!!!

sexta-feira, março 19, 2004

Recomendações do dia do pai - I


Hoje, como é dia do pai recomendamos o site Amamentação Online onde se podem encontrar verdadeiras perolas de sabedoria como:
- "O lubrificante é um grande aliado que não deve ser esquecido"
- "A mamadeira e o peito juntos causam a chamada confusão de bicos"
- "o ato de sugar o seio é importante para o desenvolvimento das mandibulas"
- "fortaleça a pele na aréola e o mamilo tomando banhos de sol"

e sobretudo e o mais importante:

"Faça saber ao seu companheiro que o seio não é exclusividade do bébé".

Mulher

Meditação Matinal
Sábio e honrado mestre, poderia ensinar-me a diferença entre uma
pérola e uma mulher?

O Mestre:
A diferença, humilde gafanhoto, é que numa pérola pode-se enfiar por dois
lados, enquanto numa
mulher somente por um lado.

O discípulo (um tanto confuso):
Mas Mestre, longe de mim pensar contradizer vossa himalaiana sabedoria, mas
ouvi dizer que certas
mulheres permitem ser enfiadas pelos dois lados!

O Mestre (com um fino sorriso):
Nesse caso, curioso gafanhoto, não se trata de uma mulher e sim de uma
pérola ....

Meditemos.

quinta-feira, março 18, 2004

Fui ver o Lost in Translation.
A Scarlett deixou-me deveras impressionado. Não só pela celulite mas sobretudo pelo facto de aparentemente não trocar de cuecas. Será que é um hábito das mulheres casadas?
O retrato do Japão deixa um pouco a desejar: não têm gueixas, não têm samurais, não têm os famosos "ovos de Oshima" e têm um japonês chamado Charlie - que como toda a gente sabe é um nome coreano.
Gostei da moral feminina do filme: ele e ela querem meter os cornos ao parceiro mas só ele não resiste à tentação - quem dera que a vida real fosse assim.
Direito à Adopção por parte dos Homossexuais
Devia ser feita uma excepção à lei para o Pedro Almodovar. Dizem que os pais aprendem muita coisa com os filhos. Podia ser que o gajo deixasse de fumar o que anda a fumar.
O AL-Merdas
Através do Blasfémias descobri que o sheik de Riad é o Al-Merdas. Desde já o declaramos, por inerência, pai espiritual da A´Cagada. Haveria melhor mas, infelizmente, tudo que é bruxo está a assinar acordos de exclusividade com o Vitória de Guimarães.

quarta-feira, março 17, 2004

Os Óscares
Ver que um filme com um anão, um elfo gay, dois alunos da casa pia e um humano para abusar deles ganhou 11 óscares é uma coisa estranha. Dizer que o melhor argumento pertence a um filme sobre um homem e uma mulher que dormem juntos e não se passa nada é no mínimo gozar com o cinéfilo dentro de nós, mas já não inovar nas categorias é para mim um autêntico atentado!
como é que posso aceitar que num mundo em que todos os dias aparecem novos produtos, novas variedades, novas cores e feitios os óscares estejam sempre a avaliar as mesmas coisas? Quero lá saber quem é a melhor actriz, de quem é a melhor fotografia ou argumento... isso não são critérios que eu utilize quando vou à net sacar um fil.... ao cinema ver um filme! O que deveria haver eram novos óscares, que me ajudassem na escolha às vezes muito complicada do filme ideal... porque é que não se inventa o óscar de:
"melhor filme para conseguir comer a amiga que se leva ao cinema"
"melhor filme para se comer pipocas - as pipocas sabem 30% melhor com este filme!"
"melhor filme no rácio pior argumento/melhores gajas"
"Melhor queca"

Já estou mesmo a ver:
Sexta-feira estreia "Lost in translation" o filme galardoado com o óscar de melhor filme para fazer a amiga acreditar que você tem sentimentos, ou então
Não perca "Irreversible" galardoado com dois óscares: melhor cena de violência com um extintor e melhor violação estrangeira!



Abre los ojos
O PSOE não vai retirar nenhum soldado do Iraque, mas os espanhóis sentem-se melhor
Kerry não vai alterar a política externa americana, mas os americanos deixam de ter vergonha em ir passar férias à europa...
A alternância democrática é o novo prozac: actua nos sintomas mas não muda as causas...
Lido algures na Net
Já passaram 3 dias do PSOE ganhar as eleições e as tropas espanholas ainda estão no Iraque.

terça-feira, março 16, 2004

Paixão de Cristo - II
É incrivel como com tanta polémica se tem esquecido a maior insinuação anti-semita do filme: Cristo é apresentado como Judeu.
Paixão de Cristo
Depois da grande polémica provocada pelo filme que insinua que Cristo foi morto pelos Judeus, Mel Gibson prepara um filme de reconciliação. Vai-se chamar "O Estrangeiro" e vai revelar que Judas era Palestiniano. Fica sem resposta a dúvida sobre de onde seria Pilatos. Para nós era português já que fez questão de lavar as mãos do assunto.
Perguntas sem Resposta
A paragem d´A Cagada nos últimos tempos não permitiu o cumprimento do nosso dever de educadores do povo. Bastantes questões ficaram por perguntar e assim por responder:
- Será o Bloco de Esquerda favorável à colectivização do corpo da Ana Drago? Será um factor de desenvolvimento civilizacional o facto de em Portugal se comerem criancinhas e não fetos como na Tailândia? Será a Ana Gomes culpa do Bush? Porque é que o MST percebe tanto de focas? Porque é que as focas não são panilas? Porque é que os panilas são normalmente magros? E porque é que os homens casados engordam? Haverá alguma relação inversa entre a obesidade e o panilismo? Será o Avelino Ferreira Torres o próximo presidente da câmara de Amarante? Porquê Amarante? Porquê Madrid?
O próximo atentado
O correio da manhã acertou ao vaticinar um atentado em Portugal antes do euro 2004. O jornalista, que estava indeciso entre escrever esta estória ou relatar o regresso do chupa-cabras à planície alentejana, confidenciou-nos que decidiu camuflar a verdade da origem da informação inventando a parte do telefonema e do corão deixado num balde do lixo (que fundamentalista deitaria o Corão ao lixo??). Segundo este nosso informador, a notícia apareceu da forma mais estranha: quando estava a cagar. A pensar que estava a fazer farturas assustou-se quando olhou para dentro da sanita e constatou que tinha escrito a verde escuro (porque tinha comido esparregado ao almoço): "atacaremos antes do euro - al-jaezira".
Mas atacam onde? E quais os motivos?
Quanto aos motivos, fomos encontrá-los na imprensa imparcial... angolana:

"IRAQUE: VOTO DE ANGOLA PODE SER DECISIVO
Lugar no Conselho de Segurança dá realçado protagonismo a Angola
O voto de Angola no Conselho de Segurança da ONU relativo à questão de apoiar ou não uma intervenção militar contra o Iraque poderá ser decisivo, facilitando ou frustrando os planos dos Estados Unidos da América, empenhados na guerra.
"

Eu por mim aposto que o atentado vai ser em Chelas...
Espanha. O Pais dos Ex-Toureiros?
Um dos efeitos das eleições de domingo foram as grandes movimentações notadas na Andaluzia. Milhares e milhares de touros que se dirigem às fronteiras no sentido de emigrarem para os países vizinhos. Seguem-se algumas declarações recolhidas pela Cagada:
- Isto é um movimento de antecipação ao desemprego. Está mais que visto que deste país de cagões não sai mais nenhum toureiro. King, Ganadaria Andaluza
- A culpa desta merda é dos Bolycaos, das Colacaos e do Panrico. Ora foda-se. Agora até há Panrico só com côdea para o menino não se entalar. Com estas paneleirices só podia dar nisto Macho, Ganadaria Bética
- Os Árabes têm toda a razão, coitados. Andamos a comprar-lhes carpetes de 100 Euros a 5% do preço. Mais tarde ou mais cedo tinham que se revoltar. Vermelho, Ganadaria Izquierda
Novo trunfo eleitoral do PS
Depois de Edson Athaide o PS assegurou a sensação do momento em campanhas eleitorais: A Al-Quaeda. Depois de uma
campanha bombástica em Espanha que assegurou a reviravolta que permitiu eleger o PSOE, fontes seguras apontam que irá fazer o mesmo em Portugal a favor do PS.

Para mais informações estar atento às declarações e artigos da Ana Gomes.

segunda-feira, março 15, 2004

Novo Look

Novo Look
Está para breve o relançamento d'A Cagada com um novo look.
Achamos que as torres estão um bocado batidas e vamos trocá-las por comboios. Têm é de ficar ao alto.

domingo, fevereiro 22, 2004

Romeiro, quem és tu?

Romeiro, quem és tu?

Das escuras brumas que envolvem a nação lusa, ergue-se um estranho vulto!...Vestindo pouco mais do que um misterioso hábito de monge, através do nacional ermo a estranha figura deambula...como que perdida por entre os escombros da nação decadente, a sua voz sibilina ecoa.

Entra no talho.

"...se calhar mais tarde arrependem-se de ter abortado..." (diz, apalpando o terreno). O homem olha-o surpreendido: agora também ele te dúvidas.

Adiante, no refeitório (pasme-se), mais surpresa, pois o que diz é evidente embora "nunca tenha ocorrido a ninguém".

Quem és tu, Romeiro? Tu que nos permites um vislumbre de luz e que partes enigmático do talho e do refeitório. Quem és tu, Romeiro, que magnânime educas por entre a torpe gente, que apontas o caminho, que nos corriges a rota, a nós "que pensamos aquilo que pensam as pessoas que não pensam"...

És José António Saraiva, estás sériamente doente, e, o que é mais grave, tens quem te deixe escrever o que escreveste esta semana aqui.

quinta-feira, fevereiro 12, 2004

Onda de Choque

Onda de Choque

Uma onda de choque e espanto varreu todo o país quando se descobriu que Ricky, o pequeno cantor dos extintos "Onda Choque" se transformou em Patrícia uma transexual amiga da avó.
Para quem passou o fim dos anos oitenta pouco preocupado com a extinção dos "Smiths" e atento à guerra épica entre "Ministars" e "Onda Choque" pelas preferências do público juvenil, não dou novidade nenhuma ao dizer que os "Onda Choque" simbolizavam a libertação sexual do cavaquismo (era lá que cantavam as gajas boas e os pequenos cantores masculinos eram tidos como verdadeiros ícones da atitude optimista e yuppie do "novo homem" português criado por Cavaco Silva). Por outro lado os "Ministars" (oriundos dos extintos "Queijinhos Frescos") tentavam sem sucesso libertar-se do cordão umbilical que inelutavelmente os prendia à Ana Faria e a momentos negros da cultura nacional como o "Brincando aos Clássicos I" e o "Brincando aos Clássicos II" que muitos de nós tivemos de gramar. Além disso, os "Ministars" ainda vestiam Cenoura numa altura em que o que menos queriamos era regredir para os tempos do Bloco Central e do aperto de cinto Soarista.
É por essas e por outras que duvido que a notíca da recente transformação de Ricky em Patrícia seja inocente, para mais numa altura em que os contendores de Cavaco se precipitam para a linha de partida das próximas presidenciais.
A Patrícia (ou "o" Patrícia) é uma potente bordoada no inconsciente cavaquista que perdura em todos nós. Transidos pela descoberta da queda de mais este mito, muitos de nós porão em dúvida que o cavaquismo tenha alguma vez existido!
Eles que venham explicar o que aconteceu aos "Ministars" que a gente também não se importa de saber...Ò vens!

Jorge, o ambientalista.

Jorge, o ambientalista.

Jorge, o ambientalista, ou Sampaio para os amigos, brindou a nação inane com mais um dos seus beatíficos achados. Chegou o eficaz senhor a mais uma conclusão surpreendente: Em Portugal, não obstante a manifesta disparidade em termos de vocação climática para a coisa, usam-se muito menos painéis solares do que na Alemanha!
Espanto e consternação abatem-se já sobre todos os basbaques. "Como é possível?!" Perguntam-se indignados os cidadãos colhidos pela violência brutal da descoberta, mais uma descoberta, de Jorge, desta feita na sua qualidade de Jorge, o ambientalista. Mais: "...dando o exemplo, o Presidente instalou na sua residência oficial um sofisticado sistema de aquecimento por painéis solares...". Babado, o responsável pela instalação atesta perante as câmaras que até no telhado do gabinete presidencial existe um inovador sistema fotoeléctrico destinado exclusivamente à geração de fresquinha energia para aquecer e alimentar o douto lavoro presidencial.
Ocorre-me que os sistemas de transformação de energia solar não serão porventura a forma mais barata de obter energia e que o orçamento dos portugueses não será dos mais comparáveis ao dos alemães, mas imagino que possa estar enganado e que isso é capaz de ser uma suposição absurda e demagógica que me surgiu por puro capricho. Além disso não foi certamente com dinheiro público que o Jorge mandou instalar os painéis na residência oficial. Talvez seja só por não gostar particularmente do Jorge e do tom beato com que faz sugestões, como se aquilo sobre o que se debruça preocupado (seja a legislação sobre o segredo de justiça, seja o ambiente) nunca tivesse tido nada a ver com ele, que os seus conselhos me soem, eles sim, a demagogia mal intencionada.
Jorge, o ambientalista, o supra-sumo da ética na prática da advocacia e da magistratura, não tem, de facto nada a ver com isto. Ele nem sequer é Português, nem sequer foi advogado, nunca se sentou no Parlamento e nunca pode legislar. Nunca fez parte da festa. Chegou vindo da Inglaterra e pasma agora, aterrorizado, com as falhas civilizacionais do lugar onde veio parar.
Um dia irás Jorge, de volta para essa Inglaterra de onde terás vindo e não teremos que ouvir as tuas espantadas preocupações. Só espero que tenhas a decência de deixar os painéis solares.

sexta-feira, janeiro 30, 2004

Sim à adopção

Sim à adopção

Em linha com a rigorosa análise do Sebastião a respeito da actual lei do aborto e para que deixem de nos classificar como um blog de direita aproveito para sugerir as minhas reflexões acerca de outro tema tão caro à esquerda: a lei da adopção.
É sabido que um dos leitmotiv mais estafados da esquerda se prende com a eterna crítica às dificuldades e entraves colocados pela actual lei a quem quer adoptar. Não falo em quem quer adoptar um mais ousado estilo de penteado, uma nova forma de andar, um sotaque peculiar, uma cultura de veredescentes fungos entre os dedos dos pés, etc... Falo em quem quer adoptar crianças. Evidentemente. É só aí que me parece estar o problema.
A sugestão é simples e como disse está em linha com a corrente de pensamento que o Sebastião recentemente inaugurou a propósito do aborto: Adopção sim, livre e sem restrições a todos os adultos que o queiram fazer, desde que a criança seja maior de idade (foda-se, que se lixe a maior de idade), do sexo oposto (esta é absolutamente inquestionável) e boa na cama.
O afã legislativo d´a Cagada espera novos contributos. Para que um dia o mundo seja um lugar melhor (como diria Charles Manson).

terça-feira, janeiro 27, 2004

Coisas soltas num teclado sem acentos

Eh verdade, andei a baldar-me. Longe de qualquer acesso ah blogosfera ia-me lembrando de textos que poderia publicar mas que nao podia.
O primeiro dos assuntos a abordar eh a cabala contra o primeiro ministro de israel, Ariel Sharon, que acusaram de ter sido subornado para permitir a construcao de um avultado empreendimento. Estava eu a jogar ao risco (nao, nao eh o jogo com palhinha e espelho eh o outro, de estratégia) e pensei para mim, ao mesmo tempo que conquistava África aos vermelhos. "Ora bem, isto eh uma GRANDE FALACIA! Onde jah se viu um Judeu a ser subornado? Os judeus nao gostam de dinheiro... eles ateh o emprestam!"
E depois?, perguntam-se.
Eh facil, se o emprestam eh porque nao gostam, o que facilmente se comprova com um didatico exemplo: se o teu melhor amigo te empresta a namorada, achas que ele gosta dela, mesmo que tu a devolvas com juros e com um curso pratico sobre as boas maneiras durante o sexo anal? I rest my case.
Outro assunto de relevo eh a plastica do Berlusconi. (Jah estamos a ver muitos PPoliticos a seguir-lhe as passadas, nao estamos?). Caso ele ainda nao tenha inventado nenhuma versao oficial, o corpo redactorial d'A Cagada, responsavel por outros textos epicos como "Holocausto? Que holocausto?", "A revolucao cultural no Salazarismo" e "Portugal, um pais de progresso" sugere a seguinte estoria: Berlusconi foi esquiar para a Suica quando deu de caras com o Yeti, o abominavel homem das neves, que afinal era o alpinista portugues Joao Garcia e caiu desamparado por uma ravina. Quando recuperou os sentidos estavam a reconstruir-lhe a cara, mas como parte da pele tinha ficado agarrada ao gelo nao sobrou o suficiente para lhe reconstituir as rugas.

sexta-feira, janeiro 23, 2004

Sim ao aborto

Sim ao aborto
A despenalização do aborto voltou hoje à Assembleia da República pelas mãos da juventude Socialista.
Acto louvável que apoio e que, a meu ver, peca por falta de ambição. Acho que deveriamos dar um passo à frente e pedir a despenalização do aborto até aos 18 anos de idade.
Qual a diferença entre detectar uma deficiência pré-natal como o mongolismo ou detectar uma deficiência pós-natal como a homossexualidade?
- Luis, quem é esse teu amigo?
- Ó pai, queria apresentar-te o meu namorado.
Zás, um pé de cabra na cornadura e estava o aborto feito. Com a vantagem de que não haveria risco algum para a mãe. A não ser que se pusesse à frente.
Eu sou pelo aborto, em prol das gerações vindouras porque a minha ainda tem de tolerar esses abortos por consumar que proliferam em todas as vertentes da nossa sociedade.

segunda-feira, janeiro 19, 2004

Viva a greve geral!
Se h? coisa que n?o entendo s?o greves da fun??o p?blica. Com a mis?ria que ganham 2% a mais ou menos nem d? para uma bica e sempre ficam com o m?rito de ajudar o pa?s nesta hora dificil. Outra coisa que j? entendo e concordo s?o as greves ? sexta-feira. Podemos deixar a desloca??o ? reparti??o para segunda e evitamos estragar o fim de semana. Na ?ltima greve um engra?adinho deixou uma placa ? porta das "Finan?as": "fechado para descanso do pessoal". A maior parte das pessoas que l? se deslocaram n?o percebeu se o descanso a que se referia a placa era dos funcion?rios ou dos utentes.

quinta-feira, janeiro 15, 2004

A conclusão brilhante
Estou hoje particularmente orgulhoso com a investigação social que se faz em Portugal. Nem tudo pode ser mau e até os mais empedernidos cépticos se têm de curvar perante as evidências quando algo funciona de forma tão exemplar. Refiro-me aos mais recentes resultados da árdua investigação da rapaziada das ciências sociais portuguesas. Não sei quem eles são e não quero levantar falsos testemunhos mas cheira-me que andará Eduardo Prado Coelho metido ao barulho.
A APAV (Associação Portuguesa de Apoio à Vítima) divulga hoje um brilhante estudo na área da ciência social. Referem os iluminados cientistas que há muita violência (física, verbal) a grassar nas tidas como pacatas relações conjugais, amorosas e, pasme-se, sexuais dos portugueses! Até aí nada de novo. Já quando se olha para os números das relações marcadas por abusos físicos, violações etc...se bem que não surpreendentes estes revelam-se marcantes pela expressividade. Mas ainda assim até aqui ainda a ciência vai bem.
Genial é mesmo a conclusão brilhante do autor do estudo. O iluminado cientista social conclui, seguro, que a culpa do problema reside na a falta de informação. Vamos repetir para ver se todos entendemos: NA FALTA DE INFORMAÇÃO.
Por momentos, vidrado pelo brilhantismo assaz evidente desta conclusão (que, numa palavra, invalida qualquer trabalho de tão estúpida que é) perco as palavras para a descrever. São tantas as dúvidas que me assaltam! Será a "falta de informação" algo de obscuro mas que esteja de alguma forma relacionado com a qualidade manifestamente pobre da informação que invade a casa de todos os portugueses?? Será isto espelho da ausência de um verdadeiro "serviço público"?? Será à ignorância que o brilhante sociólogo imputa as culpas da violência!? Imagino que sim e vejo já os resultados duma campanha informativa a funcionarem: Imaginem um marido alcoólico e semi-analfabeto, varado pela descoberta de que a mulher lhe havia gasto o dinheiro do vinho, em vinho, mas para ela, a hesitar, de braço bradindo um pé de cabra sobre o corpo da esposa, ao lembrar-se: "Ei lá! Espera! Li aqui a atrasado numa brochura da APAV que bater à mulher com objectos metálicos é considerado violência doméstica! Foda-se pra estes cabrões sempre a mudar a puta dos arquétipos que temos! Desta vez escapas! Obrigado APAV!"
A grande questão aqui, para mim, é de como é possível haver coisas a funcionar tão mal como a Ciência Social em Portugal. Não há um estudo sociológico com o qual alguém que não sofra de paralisia cerebral possa concordar minimamente. Hà pouco tempo atrás foi o brilhante "40% dos homens portugueses pagam para ter sexo" (consta que também o fazem por falta de informação). Mais incrível é o ar completamente alheio à realidade com que os resultados são divulgados. Quem é esta gente!?! Onde vivem!? Onde vão buscar estas ideias? Falta de "informação"...Foda-se, é brilhante!

quarta-feira, janeiro 14, 2004

A auto-estima

A auto-estima
Caros leitores, após um merecido período sabático decidi voltar. O que estive a fazer entretanto não vem ao caso, e é provável que só vos interesse caso trabalhem no Ministério Público (Panascas de merda! Não me apanharão!) ou no Correio da Manhã (sou pedófilo! e depois?! que raio de implicância! cabrões de moralistas mercenários...).
Hoje vou dedicar-me ao cada vez mais estúpido tema da auto-estima dos portugueses, que tanto tem, e tão mal, ocupado o espaço da discussão nacional.
Por que raio estão tão preocupados com a puta da auto estima!? Desde quando é que nós temos sequer auto-estima!? A auto-estima é uma paneleirice como outra qualquer, só que ao contrário da paneleirice da auto-comiseração, essa sim bem nossa conhecida, a auto-estima é uma paneleirice que nos querem inculcar sabe-se-lá por que carga de água e, por isso, é o pior tipo de paneleirice: a paneleirice saloia. Pedirem-nos para ter auto-estima é como nos pedirem para usar sapatos italianos: Foda-se! desde quando é que isso se usa!? Que raio de moda é essa!? Que proveito tiramos aliás da auto-estima? Passaremos a consumir mais bens nacionais, dirão, afoitos, alguns. Foda-se eu quando se me aumenta a auto-estima apetece-me é logo umas cervejas belgas e uns queijinhos dinamarqueses, já quando ouço duas ou três notícias a respeito do IP4 compenso a vergonha de ser português com uns depressivos tremoços e umas Super Bock.
"Trabalhamos com mais afã!", já ouço os mais rabetas afirmar felizes. Ser paneleiro é triste por isso, além da sensação de desconforto ao sentar toldam-se-vos as ideias. Eu quando estou com a auto-estima em alta mando o trabalho saudavelmente às malvas e vou mas é procurar a esplanada mais próxima para lhe dar com afã nos Bitter Camparis. Em contrapartida não há nada mais produtivo do que uma boa costureira à máquina do Vale do Ave...deve ser da vida estimulante que levam a ler Agostinho da Silva e a ver reposições das comemorações do 10 de Junho.
A auto-estima está para um Português como a higiene está para um Cabo Verdiano. Há coisas que simplesmente não foram feitas para ser assim.
Do que nós precisamos é de mais auto-comiseração. De mais gáudio e afirmação na mediocridade. Começa a chatear-me sermos os "mais" pedófilos de todos...foda-se, estava-se melhor com o costumeiro..."somos muito pedófilos mas ainda há dois ou três países que nos batem"... Defendamos o cinzentismo e a mediocridade como produtos protegidos e tipicamente portugueses, quer isso tenha algum interesse ou não, façamo-lo só porque nos apetece, por puro gozo. Portugal funciona melhor, tem mais piada, é mais original assim. Quando ouço alguém dizer que iremos ser um país de topo na Europa quanto à celeridade da justiça, à defesa do ambiente, ao desenvolvimento sustentável, etc...fora o absurdo que isso seria de tão impossível, dá-me vontade de perguntar: porquê?! por que raio!? quem daqui quer ser Sueco!? Eu não!

segunda-feira, janeiro 05, 2004

Ultima Hora!

Ultima Hora!
A Cagada confirma:
Donald envolvido no escândalo da Casa Pia.

Depois de publicar as fotos do escândalo, a Cagada vem agora apresentar mais factos para juntar ao processo que, irrefutavelmente, comprovam a culpa do famoso Pato:
Foi recebida uma carta anónima a dizer que efectivamente o Pato Donald estava implicado nos abusos a menores, juntamente com o Cristo Rei de Almada e a Tonicha.
O Pato Donald é militante do Partido Socialista.
O Pato Donald não usa cuecas nem calças o que, conjuntamente, é grave.
O Pato Donald vive com três meninos ditos sobrinhos, não se conhecendo nenhum irmão ao Pato Donald.
O Pato Donald veste roupa de marinheiro ao estilo Jean Paul Gaultier.
Esperam-se desenvolvimentos pelo que aconselhamos que se mantenham ligados à Cagada.